SOBRE NÓS

image_edited.jpg

A CLICHERIA BRASIL

A Clicheria Brasil, idealizada por Rodrigo Almeida, nasceu em Franca, interior do estado de São Paulo.

Franca é conhecida como a capital do calçado e o clichê é instrumento para muitas fábricas de calçados e bolsas estamparem sua marca.
 

O alcance para artesãos encontrou a Clicheria Brasil. E o contato com as milhares dúvidas sobre o instrumento para eles fez a utilidade do clichê se expandir além do couro e sintético.

Afinal, o que é clichê?

Clichê é um carimbo de material resistente ao calor para realizar a estampagem de diversos materiais.

Usado por grandes empresas para Hot Stamping com maquinários profissionais (e produção em alta escala), foi adaptado esse método para artesãos com menor custo e mesmo nível de qualidade.

Existem alguns tipos de clichês além do tradicional:

  • Caneleta/Componedor: é o clichê que é uma base para encaixe de partes dos elementos do logotipo da sua marca (imagem e nome, por exemplo).

  • Case Alfabeto: é o clichê em uma base de encaixe para formar palavras com clichês menores de letras.

  • Sinete: é o clichê para marcar cera, chocolate, etc.

  • Chancela: é o clichê em formato de moeda, que produzem marcação em relevo à seco ou marca d'água (mas esse não produzimos).

CUIDADOS NECESSÁRIOS:

  • Não guardar em locais úmidos;

  • Secá-lo bem após lavá-lo;

  • Não deixe que sofra quedas, batidas ou pancadas;

  • Com o clichê ainda quente, limpe com escova de cerdas de aço ou uma agulha para retirar o resto de material

  • Cuidado, risco de queimadura!

COMO USAR?

Claro que é essencial ter o clichê personalizado e sob medida para você. E caso não tenha as ferramentas para utilizá-lo, vamos explicar como e o que precisará para utilizá-lo.

Temos o Kit Básico completo que acompanha os 4 itens abaixo:

  • Aquecedor com potência de 80 watts,

  • Dimmer para controle da temperatura - importante para marcar com fita foil,

  • 1 clichê até a medida de 5x2cm se for retangular ou 3,5x3,5cm se for quadrado/redondo, como tamanho máximo suportado pelo aquecedor de 80 watts,

  • 3 escovas, duas para limpar o clichê ainda quente e uma para tirar excesso de resíduo de materiais quando estiver fazendo as marcações.

PARA USAR:

  1. Selecione a faixa que precisa no dimmer;

  2. Coloque-o na tomada com o aquecedor (ferro de solda adaptado) ligado à ele;

  3. Aguarde 10 minutos, até aquecer;

  4. Para aplicar manualmente (sem balancim), pressione em movimentos circulares;

O balancim é um acessório opcional, indicado para quem tem dificuldade de marcar manualmente e você pode adaptar o seu próprio balancim com nosso kit de adaptação removível.

  • Para marcação em sintéticos (etiquetas ou direto na peça), pressione por até 5 segundos (temos faca de corte para etiquetas personalizadas ou uma régua de molda);

  • Para marcação com fita foil (na temperatura de 90ºc à 110ºc):

  Em sintético, TNT, fita de cetim resinada e papéis (papelaria ou guardanapo), pressione por até 2 segundos,

  Em tecidos, pode pressionar por até 30 segundos dependendo do tecido (não são todos os tecidos que indicamos, testamos em lona, piquet, algodão cru, tricoline e linho).

#DicasdeAplicação

- Use um E.V.A embaixo do material.

- Em sintéticos pode também borrifar água/álcool antes de marcar e naqueles sintéticos com base em PVC passe um pouco de óleo mineral antes de aplicar o clichê (mas isso não se aplica a quando estiver usando fita foil).

Para marcação dos itens abaixo, o dimmer é dispensado e o tamanho máximo é de 6x6cm.

  • Para marcação em couro legítimo:

Até 30 segundos (Ferro de solda com potência de 80 watts);

Até 5 segundos (Ferro de solda com potência de 180 watts).

  • Para marcação em pães:

Até 2 segundos usando o ferro de solda com potência de 150 watts.​

  • Para marcação em madeira:

Até 2 segundos usando o ferro de solda com potência de 180 à 200 watts.